fbpx
No products in the cart.

A verdade acerca da Liberdade (no Yoga e na Vida)

Ser Livre

A liberdade para mim é fundamental, sentir que posso escolher que caminho quero seguir para a minha vida, livre de condicionamentos externos e condicionamento internos. Essa escolha com base no meu discernimento, bom senso, alinhamento com o meu coração e integridade.

Nestes últimos anos temos assistido a um desbastar das nossas liberdades, e a revolução começa (finalmente!) a manifestar-se. Mas a verdadeira revolução, acontece cá dentro. Dentro de ti e dentro de mim, é aqui que a mudança acontece, para depois reflectir-se no exterior, nas nossas acções e palavras.

Esta liberdade interior que falo, é aquela que existe independentemente de todas as circunstâncias exteriores, esta é aquela liberdade que te faz sentir em paz, tranquilo e tranquila contigo mesmo, aquela que te empodera de coragem, resiliência e força para lidar da melhor maneira possível com os desafios, sejam externos e internos.

Esta liberdade chama-se Moksa

O que é Moksa?

No Yoga e na visão védica existem 4 buscas fundamentais, os purusharta, do ser humano na sua vida. Aquilo que nos move na vida. São elas Dharma, ética ou missão de vida, Artha, segurança, Kama, prazer e Moksa, liberação.

A compreensão destas buscas e o seu papel na minha foram o fulcro essencial para um pulo quântico no entendimento de quem sou eu, do que estou aqui a fazer, para onde caminho, e por sua vez, ter algum sentido de orientação na resposta a estas questões existenciais abriram caminhos de cura interior, no corpo físico, mental e emocional, que de outra forma, sei hoje, que não teria alcançado.

E não meramente um entendimento intelectual, um entendimento somático, incorporado, real!

A ansiedade e angústia no meu peito e garganta, durante muitos anos, resultaram de um sentido de falta de “chão”, direcção e conexão, que finalmente consegui descobrir pelo autoconhecimento que a prática de Yoga me revelou.

Pois a prática de Yoga como visão de vida facilita e dá-nos clareza sobre o sentido da vida.

Swami Dayananda Ashram - Rishikesh - Índia
Moksa como caminho de conexão com o sentido da vida

No livro, “Introdução ao Vedanta”, de Swami Dayananda, Moksa é apresentação como “tudo cai no sítio certo”, um estado de leveza e contentamento.

É um estado de consciência, que nos permite transcender as necessidades de segurança ou mais prazer e perceber que o que nós precisamos é de liberdade dos nossos desejos.

Infelizmente, ou felizmente, estes momentos não são eternos, mas têm a “duração” suficiente para nos conectar com o sentido da vida, ser feliz, o propósito de vida transversal todos os seres humanos.

E isso dá-nos uma força sobre-humana para lidar com as maiores dificuldades e desafios.

Esta é no fundo a minha interpretação do texto e do conceito, talvez faça sentido para ti, talvez não. Convido-te a reflectir e a tomar algumas notas, em papel e caneta sobre a liberdade, como a sentes para ti, onde a sentes no corpo, só de imaginar a palavra mentalmente que emoção e sensação física desperta no teu corpo. E descobre assim, o que faz sentido para ti, descobre qual é o teu caminho.

Como podes desenvolver este sentido de Moksa na tua vida?

Escrita reflectiva ou journaling
O primeiro passo é uma reflexão muito honesta contigo mesmo e mesma. Como te sugeri acima, escreve, e para isso, ofereço-te um pequeno Workbook que podes fazer o download aqui, para te guiar nesta reflexão. E repete sempre que sentires falta de conexão ou orientação. O papel e caneta são hoje em dia subestimados, muito infelizmente. Sugiro que arranjes um caderno e caneta exclusivos para esta prática de escrita da alma, e trata de forma ritualística, parte do teu autocuidado, porque é!
É libertador descarregar a nossa “alma” no papel!
Experimenta! Talvez faça sentido, talvez não, e está sempre tudo bem, todos nos temos diferentes formas de sentir e estar e diferentes acções que estão alinhadas com as nossas necessidades, se esta não resultar contigo, procura outras, mas EXPLORA-TE, INVESTIGA-TE! Descobre no fundo quem és, e é natural também que possas descobrir algo que não aprecies tanto e que prefiras reprimir, mas apenas tomar consciência dessas partes é que te vai permitir transformar, melhorar e expandir.
Yoga

Em paralelo move o teu corpo, remove a estagnação física, aconselho-te a prática de yoga, ou de outra prática holística que faça a ponte entre corpo, mente e coração.

Uma prática de yoga regular que inclua movimento com o corpo, através dos ásanas, consciência respiratória, através do pranayama, funciona como um laboratório no tapete onde podes explorar de forma segura todos estes aspectos relacionados com a existência humana.

Na verdade, este é o propósito último da prática de yoga. Sim, ajuda a melhorar força física, a capacidade respiratória, a mobilidade, a aliviar stress e ansiedade, tudo isto são “efeitos secundários” altamente positivos!

Pratica, começa a praticar seja porque motivo for, e aquilo que vais descobrir irá surpreender-te.

Partilho contigo uma sessão de yoga de enraizamento, para que possas começar já!

aula yoga gratuita força interior
Play Video

E atenção que estas práticas de yoga não implicam não fazer desporto, pois não é a mesma coisa .Se já gostas de correr, ir ao ginásio, surfar, etc continua, mas procura dentro do possível (e é sempre possível, é uma questão de prioridades e existem muitas alternativas, podes enviar-me uma mensagem se precisares de ajuda) integrar o Yoga na tua vida. 

Garanto-te que isso vai igualmente ter um impacto super positivo em todas as outras práticas físicas que faças, pela maior consciência corporal que vais conquistar.

Pranayama ou respiração consciente

Respirar, sempre! Eu sei, já estás a respirar e ainda bem! 

Mas é uma respiração consciente que falo. 

Recordo-te que podes RESPIRAR com o ebook gratuito RESPIRA, clica aqui para fazeres o download do teu exemplar.

Podes também ler ainda no link abaixo mais sobre respiração consciente, num blog onde também partilho contigo uma sessão de Prana Flow, ou respiração consciente. 

A respiração é o elo que liga tudo aquilo que existe, a respiração move o Prana, a energia vital que tudo sustenta.

Para integrar:

Então hoje falamos sobre liberdade, sobre as buscas fundamentais do ser humano, a importância de compreender o que é liberdade interior e como isso transforma a nossa vida e nos empodera, de como é possível “trabalhar” a liberdade, através de ferramentas práticas como escrever ou journaling (uma escrita atenta e reflectiva semelhante a um diário), yoga e respiração consciente. Partilhei igualmente contigo recursos gratuitos para que possas já começar a tua jornada de “LIBERDADE”: Por último, convido-te a partilhar comigo o impacto deste texto em ti. Compreendo que possa ser bastante discutível, e isso é uma forma de manifestação de liberdade. E é isso que também é minha intenção, estimular esse músculo da reflexão, discernimento e introspecção. Responde a este e-mail e vou ter imenso gosto em “discutir” contigo o tema! Com alegria, Fátima Fernandes Yoga & Soulbodywork
Newsletter "partilhas transformadoras"

Gostaste do que leste?

Convido-te a subscrever a newsletter que partilho contigo semanalmente para que fiques a par dos novos artigos, novidades acerca do Yoga Shala e do meu trabalho, assim como receberes todas as ofertas exclusivas que criei para esta comunidade em expansão!


Fátima Fernandes

Fátima Fernandes

Olá a todos! Bem vindos a este meu espaço de escrita, partilha, inspiração e transformação!

Posts Relacionados

Leave A Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *