fbpx
No products in the cart.

De inquietação a autoconhecimento, desenvolve um maior estado de conexão interna e quietude através do corpo

O Stress na sociedade moderna

A inquietação mental é um problema infelizmente cada vez mais comum nos dias de hoje. Facilmente se chega a aceitar como um estado normal, o standard de vida e do dia-a-dia, e um estado de paz interior como um sonho a conquistar, algo de transcendente apenas ao alcance de algumas pessoas.

A sociedade ocidental moderna é demasiado rápida, exigente, estimulante (e não no bom sentido!) e por isso, fonte de stress, o que pode levar a uma série de desequilíbrios mentais, como ansiedade, stress crónico e depressão, para além de um impacto extremamente danoso na saúde física. Sendo que não é possível, ou pelo menos não se deveria, considerar como dois tipos de saúde distintas! 

A alma que sofre é uma só e todas estas camadas estão intimamente interconectadas, 

  • física,
  • energética,
  • emocional,
  • mental e
  • espiritual.

Qualquer problema que afecte uma delas, vai impactar todas as outras.

Uma forma de estar na sociedade longe da Natureza

Esta sociedade, e a forma como nos relacionamos nesta é desprovida, e em muitos casos desencorajada, de conexão com a natureza, dos nossos ciclos naturais. Quase todos os processos sociais, deste a frequência da escola até às nossas profissões e estilo de vida social é promovido numa óptica do consumo exacerbado e desajustado, de bens materiais e de experiências artificiais, que na sua grande maioria nos afasta da simplicidade, da apreciação da natureza, do nosso ritmo natural e orgânico e de formas de conexão mais autênticas. 

O resultado é o desequilíbrio, pois perdemos o contacto com a nossa intuição, que apesar de naturalmente intrínseca à condição humana, quase que somos ensinados a desconfiar da intuição e a confiar mais nos processos mentais e intelectuais que muitas vezes são baseados em factores externos como a projecção do medo, o controlo, a insegurança e limitados e moldados pelo “conhecimento adquirido” por esta mesma sociedade. 

Não que a nossa mente e intelecto não sejam extremamente importantes e valiosos, mas quando colocamos de parte a natureza do corpo colocamos igualmente de parte a inteligência inacta de um corpo que detém em si a sabedoria da evolução do Homem e dos segredos do Universo.

Para mais sobre o tema da INQUIETAÇÃO INTERIOR convido-te a ler este Blog:

Uma mudança à vista, de desconectados ao movimento holístico

É esta a sociedade que usa a Internet para nos conectar uns com os outros, mas em que nunca nos sentimos tão desconectados, de nós mesmos, do nosso corpo, do nosso coração, e uns dos outros, isolados e sozinhos.

Mas muito felizmente já se começa a notar um franco movimento na sociedade no sentido do retorno à conexão com natureza, com a tua essência e de nutrição de relações autênticas e verdadeiras. 

É sinal disso o florir de terapias holísticas, da sua integração na medicina ocidental, a expansão do Ayurveda, do Yoga e outras práticas e visões de vida integrativas, cada vez mais acessível a todos, e aqui a Internet tem tido um papel fundamental na sua divulgação e acessibilidade a tantos de nós que de outra forma, não teríamos acesso!

Assim como o surgimento de inúmeras comunidades, muitas digitais e tantas outras locais, onde se procura promover um estilo de vida mais conectado com a natureza, o surgimento de escolas com uma pedagogia que procura integrar de maneira holística o desenvolvimento físico, espiritual e artístico ou criativo dos alunos.

Impacto da desconexão do corpo

Apesar deste movimento positivo, é muito importante estar alerta para o impacto negativo de viver em desconexão do próprio corpo, e em suma, consigo mesmo.  Esta desconexão acontece quando deixamos de reconhecer a linguagem do corpo, deixarmos de escutar os sinais do corpo, e normalmente quando sentimos alguma coisa, é dor, e em muitos casos, como sintoma de uma doença já instalada no organismo. 

Muitos desses sinais ignorados dão-nos pistas de orientação na vida, na tomada de decisões, na forma como socializamos uns com os outros, nas relações familiares, nas relações amorosas, para além de nos informar de desequilíbrios presentes no organismo, e também acerca da sua origem física, emocional, relacional, geracional e muito mais.

Quando em estado de inquietação, stress e ansiedade e outros sinais de uma vida demasiada acelerada, significa que estamos longe do momento presente, do aqui e do agora, o que amplifica essa sensação de desconexão com o corpo, assim como com a natureza. Por sua vez, esta sensação vai alimentar a inquietação, o stress, a ansiedade, indo sempre para longe daquilo que sentimos com o corpo, através do corpo, no momento presente, acontece quase uma espécie de dessensibilização. E deixamos de apreciar coisas simples e belas como o pôr do sol, um manto de flores no campo, o mar azul, um sorriso empático e carinhoso de um vizinho…

O que podes fazer para resgatar a conexão com o corpo

Uma proposta então diferente daquela que é comumente ensinada é de recorrer a uma abordagem somática para lidar com os diferentes sintomas, tal como a inquietação mental, que nos conduz naturalmente para um estado de conexão profunda com o corpo, o coração e a intuição. É possível aliviar a inquietação mental, melhorar a saúde mental e a saúde física de forma integral, no fundo de impactar positivamente o nosso bem-estar, não porque cuida apenas dos sintomas, mas porque tem o poder de nos guiar por um profundo processo de autoconhecimento.

“O nosso Corpo é fonte de Verdade”, Albert Pesso

O que é abordagem somática?

Soma é a palavra em Grego que define Corpo. Thomas Hanna foi o criador do termo “somático” (Hanna Somatic Education), que sendo um apaixonado pela teoria do movimento, desenvolveu esta abordagem que enfatiza a importância da conexão entre o corpo e a mente. É a vivência da experiência corporal desde o interior, em que não existe separação entre corpo e mente. É baseada na ideia de que os processos físicos e emocionais estão intimamente ligados, e que a maneira como nos movemos, respiramos e sentimos pode afetar o nosso bem-estar físico e emocional.

As práticas somáticas ajudam-nos a conectar ao momento presente através do despertar da consciência do corpo, do movimento e das sensações. E esta é a linguagem do corpo que precisamos compreender.

massagem em portimão
O toque directo no corpo, seja por automassagem, toque consciente ou por massagem por uma outra pessoa, profissional, amigo ou parceiro ou parceira, é uma forma quase instantânea de regular o sistema nervoso e regatar um sentido de paz interior através da conexão com corpo.
O Yoga como prática somática

Quando lês esta definição qual é a primeira coisa que te vem à mente? Yoga! Pelo menos a mim foi, quando ouvi falar desta abordagem pela primeira vez! É também uma definição possível da abordagem do Yoga, enquanto visão de vida holística, assim como em outras terapias holísticas como o Tai Chi, a meditação, e também terapias corporais, como massagem, acupuntura entre muitas outras.

Claro que considerar o Yoga apenas como uma prática somática é muito redutor do Universo do Yoga, esta é apenas uma parte da visão do yoga, mas muito importante, e que tem um impacto muito positivo na vida no Ocidente, pois na verdade as práticas físicas do Yoga, como ensinadas através do Hatha Yoga, procuram essa reconciliação entre corpo e mente, no fundo recordarmo-nos de que não existe essa separação. São práticas de profundo autoconhecimento de conexão consigo mesmo e com a natureza e tudo aquilo que existe, para uma vivência plena e graciosa do momento presente.

Por isso já deves ter ouvido falar que as posturas físicas do Yoga, os ásanas, são psicofísicas, ou seja, vão muito além da forma física, os ásanas são dotados de qualidades e virtudes que impactam profundamente todos os sistemas corporais na anatomia física e energética, cultivando um estado de consciência, relaxamento, concentração e meditação, promovendo igualmente a limpeza da energia bloqueada e estagnada.

Por exemplo, o Virabhadrasana não é apenas uma postura de força, que ajuda, sim, a tonificar a musculatura e a melhorar a postura, mas enquanto asana, é um trabalho muito profundo de conexão com a tua energia vital e força interior de forma integra, enraizada e alinhada, para além de toda a mística belissimamente ensinada por Shiva e Virabhadra.

Conexão ao corpo como uma abordagem somática para lidar com a inquietação mental

O que é inquietação?

A inquietação mental pode ser definida como a sensação de que a mente está sempre acelerada, cheia de pensamentos, preocupações e ansiedades. Quando sentes inquietação mental pode ser sinal de que sentes sobrecarregado ou sobrecarregada, com excesso de stress e incapaz de te concentrar ou relaxar. Esta inquietação, quando não cuidada conscientemente pode levar a problemas de sono, alimentação, problemas de saúde física, mental e emocional, perturbando o fluxo da energia e da vida.

As causas da inquietação mental são múltiplas, e podem incluir stress no trabalho ou na vida pessoal, preocupações financeiras, relacionamentos difíceis, entre outras. É importante sempre lembrar que a inquietação mental não é um sinal de fraqueza e nem é normal, mas sim um problema que pode afectar qualquer pessoa e que precisa de toda a atenção.

O corpo como caminho

Perceber o corpo como um caminho para uma vida mais saudável, é apreciar o potencial da conexão ao corpo como uma abordagem somática, que nos pode ajudar a aliviar a inquietação mental, pois ao trazer um estado de maior consciência com o momento presente, ajuda a ir além da reatividade do sistema nervoso nas suas respostas de fuga, luta ou congelamento, quando elas não nos trazem qualquer benefício. 

Ao trazer de volta a atenção plena ao corpo, a mente tem mais espaço para acalmar, promover paz interior, trazer o sistema nervoso para um lugar de segurança interior, reduzir a ansiedade e uma resposta muito mais saudável ao stress e ao desafio, com maior clareza, foco e consciência.

Como podes trabalhar a conexão com o corpo

Neste caminho para adquirir uma melhor compreensão da linguagem do corpo e cultivar uma conexão autêntica contigo mesmo e descobrir todo o potencial e a benção que é viver no teu corpo, podes começar a desenvolver de forma consistente e dedicada as seguintes práticas, escolhendo aquela ou aquelas que melhor se adaptam a ti a cada momento, pois também é muito importante, que esta exploração não seja também fonte de maior inquietação e stress.

As práticas que sugiro  aqui são também aquelas que me têm acompanhado e que se têm revelado mais eficientes na minha conexão com o meu corpo, e que tenho vindo a partilhar na última década com os meus alunos. Existem muitas outras que talvez para ti façam mais sentido. Sê curioso e curiosa acerca de ti mesmo e aventura-te nesta autoexploração e autoconhecimento.

“O corpo humano não é um instrumento a ser usado, mas um reino do ser a ser experimentado, explorado, enriquecido e, assim, educado.” Thomas Hanna

  • RESPIRAÇÃO CONSCIENTE

A respiração é uma ferramenta poderosa para acalmar a mente e reduzir o stress. A prática de respiração consciente pode ajudar a reduzir a ansiedade, melhorar a concentração e promover um sentido de calma e equilíbrio, trazendo a tua atenção e todos os teus sentidos para o momento presente. No Yoga, temos acesso a inúmeras técnicas de respiração, o Pranayama, que se podem adaptar a cada circunstância, necessidade e condições do aluno.

 

Aulas de Respiração que podes já começar a fazer

 

  • MOVIMENTO CONSCIENTE

A prática de movimentos conscientes, como o Yoga, pode ajudar a melhorar a conexão com o corpo e reduzir a inquietação mental. O movimento consciente aliado à respiração, ajuda a libertar a tensão muscular, a promover a sensação de equilíbrio e bem-estar. 

O Yoga aprofunda ainda mais esta conexão, pois não se trata de colocar o corpo em posições específicas, mas de ásanas carregados de símbolos e significado que permitem a incorporação das qualidades e virtudes de cada ásana, suportada numa visão de vida holística e integrativa. Aquilo que fazes no tapete, como eu costumo dizer, não fica no tapete. É transportado para a vida no dia-a-dia de forma subtil, transformando a atitude e visão perante a vida, de uma forma mais plena e clara. Melhora a qualidade dos teus pensamentos, das tuas emoções e sentimentos, que por sua vez implica em atitudes melhor alinhadas contigo mesmo.

 

Aulas de Yoga que podes já começar a fazer

 

  • ATENÇÃO PLENA

A atenção plena é uma prática contemplativa, e não significa necessariamente uma meditação mais tradicional, em silêncio, olhos encerrados e total imobilidade do corpo, embora nem todas a práticas meditativas sigam estes preceitos. 

Gosto de encarar a tenção plena como uma atitude perante a vida, tudo aquilo que penso, que absorvo do exterior, o que sinto, o que faço, o que falo.  

Assim desta forma mais informal posso aplicar a atenção plena quase sempre, enquanto espero numa fila, numa caminhada na natureza, na minha prática desportiva, no Yoga, na minha leitura diária, nas refeições, ao escutar alguém de forma autêntica, ao dançar, no fundo tudo o que eu faço pode ser uma prática de atenção plena, quando eu estou totalmente dedicado e dedicado áquilo naquele momento, a vivenciar o presente da forma mais completa possível, sem as habituais distrações, mas mais importante ainda, pois nem sempre conseguimos controlar o ambiente envolvente e circunstâncias externas, sem me envolver com estas, e criar um espaço sagrado de cultivo do presente, como o momento mais importante da minha vida. E quando este “clique” acontece, vais ver tremendas transformações na tua vida.

No novo curso desafio ONLINE de 5 dias vou guiar-te por estas e outras  práticas informais de Atenção Plena. Clica aqui ecomeça já!

  • TOQUE CONSCIENTE

O toque directo no corpo, seja por automassagem, toque consciente ou por massagem por uma outra pessoa, profissional, amigo ou parceiro ou parceira, é uma forma quase instantânea de regular o sistema nervoso e regatar um sentido de paz interior através da conexão com corpo.

A massagem, quando aplicada numa abordagem holística (como uma massagem de relaxamento, Thai Yoga ou Ayur Yoga), guiada pela respiração, tem o potencial de despertar a inteligência inacta do corpo para se autocurar, melhorar e acelerar processos de cura de lesões e doenças, indo além das limitações da mente. Por exemplo a Thai Yoga, é uma prática tradicionalmente praticada em mosteiros budistas, que tem estas qualidades, é acima de tudo uma prática espiritual, uma meditação em movimento, conectando corpo, mente e coração em harmonia.

O toque consciente pode ser incrivelmente relaxante e em simultâneo proporcionar um boost de energia ao organismo à medida que o sistema nervoso regula, liberta tensões internas, bloqueios físicos e  energéticos. Cria uma pausa para o corpo restaurar e a oportunidade e espaço para a mente tranquilizar.

 

Sessão de automassagem que podes já começar a fazer

 

E se estiveres no Algarve convido-te a vir experimentar uma sessão de Terapia Corporal Soulbodywork, comigo no Yoga Shala, clica no link abaixo para saberes mais.

Em última instância estas são sempre ferramentas de autoconhecimento, e de reconhecimento de um poder interno imenso manifestado pela sabedoria intrínseca do teu corpo e que está ao teu alcance, basta escutar! Gradualmente, com um prática consistente e dedicada, essa escuta vai ser cada vez mais acessível, clara e funcional.

Suporte, comunidade e desafio

Para te facilitar neste processo, criei um curso desafio de 5 dias, numa primeira edição totalmente Online, onde te vou guiar de um estado de Inquietação a um estado de Paz interior, numa jornada de Yoga e Respiração.

Durante estes dias vais aprender a reconhecer onde te encontras neste momento, e o que podes fazer para transformar, através de diferentes práticas, simples e acessíveis, mas muito eficazes, inspiradas no Yoga e na respiração consciente, sempre com o meu acompanhamento.

Convido-te desde já a saber mais e a inscrever-te clicando no link abaixo:

Quando te inscreveres vais ter acesso a um grupo privado de alunos no TELEGRAM, onde vais ainda ter acesso directo a mim, em que te posso ajudar em todas as tuas dúvidas e questões relacionadas com a tua jornada. Para além do meu suporte, tens acesso a todo o conteudo do curso imediatamente e ao longo de 6 meses para que possas implementar ao teu ritmo. De 5 dias para uma transformação real e sustentável para toda a vida. E por um valor épico e irresistível de 22€!

Então não esperes mais e junta-te a nós.

Eu decidi mudar a minha vida, e começou em mim, na observação e tomada de consciência. Tu também o podes fazer, e eu posso guiar-te ao longo deste processo, com sabedoria e sensibilidade.

Aceitas o desafio?

Com alegria,

Fátima Fernandes

Yoga & Soulbodywork

Newsletter "partilhas transformadoras"

Gostaste do que leste?

Convido-te a subscrever a newsletter que partilho contigo semanalmente para que fiques a par dos novos artigos, novidades acerca do Yoga Shala e do meu trabalho, assim como receberes todas as ofertas exclusivas que criei para esta comunidade em expansão!


Fátima Fernandes

Fátima Fernandes

Olá a todos! Bem vindos a este meu espaço de escrita, partilha, inspiração e transformação!

Posts Relacionados

Leave A Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *